A Associação de Banqueiros do Suriname (SBV) repudiou “a forma” como a lei de Controle de Moedas e Escritórios de Transações foi adotada. Foi enviada aos bancos, ainda, uma proposta de alteração da Lei de Supervisão dos Escritórios de Transações Financeiras de 2012.

PUBLICIDADE / ADVERTENTIE

Segundo a SBV, o aumento contínuo da taxa de câmbio é resultado de uma política fiscal desequilibrada e de uma política monetária ambígua. Ainda segundo a associação, impor mais multas não resultará em redução da taxa de câmbio. A “Lei sobre a organização de transações de câmbio e moeda 2020” também foi debatida.

Os membros do conselho da SBV tentaram convencer os membros da Assembleia Nacional a não adotar a lei sem consultar as partes interessadas. Na opinião dos bancos, o projeto e a lei final são impraticáveis, violando as leis e regulamentos existentes, as melhores práticas e a legislação.

Foto: NII

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui