spot_img
spot_img

ABSURDO: Mulher presa por enviar fotos íntimas da filha de 8 anos negociou imagens dela e da menina em troca de R$ 3 mil, diz polícia

Diante da situação, a mulher foi presa em flagrante e colocada à disposição da Justiça. Se condenada, poderá cumprir pena de 4 a 8 anos. O homem não foi identificado pela polícia e, por isso, ainda não foi ouvido.

Atualizado há

ÁGUAS LINDAS – A mulher que foi presa suspeita de enviar fotos íntimas da filha, de 8 anos, para um homem na internet, tentou negociar as imagens por R$ 3 mil. De acordo com a Polícia Civil, além de conteúdos pornográficos da criança, também eram negociadas fotos íntimas da própria suspeita.

O crime aconteceu em Águas Lindas de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. A suspeita foi presa na quinta-feira (21), após procurar a delegacia para denunciar um homem por ameaça. Segundo a polícia, a mulher dizia que estava sendo coagida por um homem a enviar fotos íntimas dela e da filha. Ela conta que entrou em contato com ele por meio de um anúncio de empréstimo em uma rede social.

Após a mulher permitir que os policiais olhassem o telefone dela, foi constatado que, na realidade, a suspeita estava negociando a venda de fotos íntimas da filha. A delegada responsável pelo caso, Tamires Teixeira, afirma que a mulher deixou de enviar as fotos quando percebeu que o homem não ia pagar o valor negociado. Enquanto isso, o homem publicou as fotos nas redes sociais.

- Publicidade -

Diante da situação, a mulher foi presa em flagrante e colocada à disposição da Justiça. Se condenada, poderá cumprir pena de 4 a 8 anos. O homem não foi identificado pela polícia e, por isso, ainda não foi ouvido.

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App