Medida começa a valer na próxima segunda-feira, dia 16.

O governo do Suriname anunciou neste sábado, dia 14, que as escolas públicas e privadas não vão abrir as portas a partir da próxima segunda-feira (16).

Ainda durante a coletiva de imprensa, Lilian Ferrier, ministra da Educação, Ciência e Cultura, informou que a medida é uma ação para prevenir as crianças de um possível contágio do Covid-19, já que o país registrou o primeiro caso na última sexta-feira, dia 13.

Publicidade

Antecipação

Reshma Mangre, presidente da Associação de Professores (BvL) e da Aliança de Professores no Suriname (ALS) já havia antecipado, antes mesmo do governo, que as aulas não aconteceriam a partir da segunda-feira, inclusive, os professores da rede educacional foram comunicados pela BvL e ALS.

Foto: LPM News

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar