spot_img
spot_img

EXCLUSIVO: LPM News entrevista mãe de Fabricia, brasileira desaparecida no Suriname

“Minha neta de cinco anos pergunta todo dia por ela. Ela não deu mais notícias. O que me disseram foi que mataram minha filha. Eu não quero acreditar nisso. Pedindo a Deus que seja mentira. Ela estava com depressão e eu também não sabia disso. Ela sempre ligava para falar com os filhos”, ressaltou.

Atualizado há

Maria de Souza é a mãe de Fabricia Ribeiro, que está desaparecida no Suriname tem algumas semanas, conforme noticiado pela reportagem do LPM News. Em contato com a redação, ela revelou detalhes da situação da filha, que tem três filhos e sofria de depressão. 

Bastante preocupada, Dona Maria contou que ficou sabendo do sumiço da filha através de um telefonema. “Uma pessoa aí me ligou perguntando se ela estava no Amapá. Eu disse que não. Foi quando falaram que tinham uma má noticia: que ela estava desaparecida”, disse.

“Minha neta de cinco anos pergunta todo dia por ela. Ela não deu mais notícias. O que me disseram foi que mataram minha filha. Eu não quero acreditar nisso. Pedindo a Deus que seja mentira. Ela estava com depressão e eu também não sabia disso. Ela sempre ligava para falar com os filhos”, ressaltou.

De tempos em tempos, Fabricia enviava dinheiro para ajudar na criação dos filhos. “Ela ligava sempre. Dizia que estava tudo bem. E que estava trabalhando para dar uma vida melhor a eles. Mas não sabemos de mais nada. Ninguém viu mais nada no Suriname, em Caiena…”, lamenta a mãe.

- Publicidade -
Foto: Arquivo da Familia

Fabricia, a mãe e os filhos têm residência em Macapá. Ela seguiu para o Suriname para tentar uma vida melhor aos filhos. “Ela sempre foi batalhadora. Infelizmente agora não sei como nem ir no Suriname. Não tenho condições. Nem sei chegar nessa região”, concluiu a mãe. 

APELO

Se você possui qualquer informação que possa nos ajudar a localizar Nênê, por favor, entre em contato conosco. Qualquer pista ou detalhe será de extrema importância e valor. Ficaremos gratos pela sua colaboração nessa busca. Para se comunicar conosco, utilize o número de telefone +597 712 0101.

Caso você tenha visto Nênê – como Fabricia era chamada – recentemente ou tenha alguma informação sobre seu paradeiro, pedimos encarecidamente que nos informe. Sua ajuda pode fazer toda a diferença. Não há informações sobre onde e como Fabrícia desapareceu, tampouco, se aconteceu no Suriname ou em outro local.

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App