spot_img
spot_img

Empresários do Suriname dizem que a lei do seguro básico de saúde trará aumento de preços

Atualizado há

A implementação da lei seguro básico (Basiszorgverzekering) de saúde ocorrerá com vários problemas para os empresários.

De acordo com o presidente da Associação de Comércio e Indústria do Suriname (Vereniging Surinaams Bedrijfsleven VSB), Ferdinand, isso ocorre porque há muitas dúvidas a respeito desta lei.

Saiba mais:

- Publicidade -

A preocupação coma a lei que entrou em vigor no dia 09 de outubro, é que haverá custos extras, porque o empregador tem que pagar parte do prêmio de seguro. Como resultado a despesa adicional terá de ser incluída no custo dos diversos produtos, o que significa um aumento de preços. Outro ponto de preocupação disse Welzijn, é que os planos de saúde existentes, permaneceram inalterados.

O presidente da (VSB) acha que a maioria dos empregadores vai aplicar a lei até pouco mais de dois anos. “Pode-se continuar com à execução, mas não precisa ter multas, porque ainda há uma falta de clareza. Nós temos a convicção de que as autoridades do governo junto com as empresas organizadas irão trabalhar para um bom processo de implementação”.

A aplicação da lei “hora mínima” em contraste com a lei Seguro de Saúde Básico será um pouco mais fácil para definir, disse o presidente da (VSB). Isso porque já há empresas que hoje pagam os salários por hora acima do salário mínimo fixado. “Os que não fazem, terão que perceber que não é permitido pagar salários que estão abaixo do estabelecido por lei.”

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App
%d blogueiros gostam disto: