Chan Santokhi — Foto: Luiz Paulo

Em pronunciamento em rede nacional na noite desta segunda-feira, dia 10, o presidente Chan Santokhi anunciou que o Suriname ainda não atingiu o pico da Covid-19. O país, atualmente, tem pelo menos 785 casos confirmados da doença, com 13 pacientes internados em estado grave. O número de mortos chega a 30. Os dados são do painel que contabiliza a pandemia no país.

“O governo está muito preocupado, assim como muitos de vocês também estão. É importante destacar que ainda não chegamos ao ponto crítico, mas não vamos esperar por ele. Não devemos enfrentar uma situação que não podemos enfrentar”, disse o presidente se referindo ao cenário caótico que o país poderá encontrar em caso do avanço descontrolado da doença.

Publicidade

Em virtude desse cenário, o presidente anunciou que prorrogará por mais duas semanas, ou seja, até o dia 23 de agosto, as medidas rígidas de segurança, que foram divulgadas nas últimas semanas. “Se não fizermos isso, prevemos uma nova escalada da Covid-19 em nosso país com consequências negativas a nível pessoal, social e econômico”, disse o líder do governo.

Durante as duas semanas em que as ações estarão em vigor, a Polícia do Suriname fará fiscalização ostensiva e aplicará multa nos flagrantes de descumprimento. “A liberdade vem com responsabilidade, assim como a normalização vem com responsabilidade. Faremos isso, juntos, por todos nós, por nossos filhos e por nosso amado país”, concluiu Chan.

Confira o pacote de medidas.

  • Uso obrigatório de protetores bucais e nasais fora de casa, especialmente ao entrar em espaços públicos;
  • A abertura de restaurantes e outros locais estão limitados ao serviço de take-away, com exceção dos restaurantes onde a distância física e a higiene podem ser garantidas;
  • É proibida a reunião de grupos de mais de cinco pessoas, exceto para trabalho ou educação, reuniões religiosas e funerais. Esta proibição também se aplica a festas;
  • Para reuniões de trabalho ou fins educacionais, funerais e confraternizações religiosas, está liberado um número máximo de 50 pessoas em grupos de cinco, sujeitos a uma distância de 1,5 metros;
  • Todas as academias e centros estão fechados até novo aviso. Esportes de contato também não são permitidos;
  • Atividades esportivas ao ar livre podem ser realizadas, porém, esportes de contato seguem suspensos;
  • Profissões de contato como fisioterapia, salões de cabeleireiro e barbearias estão permitidas desde que haja ventilação suficiente no local, distância de 1,5 metros entre os clientes, bem como higiene das mãos e uso de proteção para boca e nariz por todas as pessoas presentes;
  • Todas as instalações fechadas, como cassinos, jogos de azar e locais de entretenimento, incluindo Suribet, bares, clubes, casas de dança e bordéis, devem permanecer fechadas;
  • Os mercados permanecerão abertos.

Comentar

Comentar