spot_img
spot_img

Você conhece a “Guiana Brasileira”, motivo de guerra entre Brasil e França?

Atualizado há

Sempre que olhamos para a parte norte do mapa da América do Sul, vemos as “guianas”, territórios cuja integração cultural e social é quase inexistente conosco. Inclusive, sabemos muito pouco sobre esses locais. Contudo, muita gente também desconhece os encantos da Guiana Brasileira — sim, o Brasil tem uma guiana para chamar de sua!

Estamos falando do estado do Amapá, no extremo norte do Brasil. Essa região é considerada a guiana brasileira, mas não por ser vizinha da Guiana Francesa. Acontece que a palavra “guiana” era usada pelos colonizadores europeus para identificar uma vasta região do continente.

Essa região era habitada por indígenas descendentes do povo arahuaco, sucessores da região do Caribe. Acontece que quando Cristóvão Colombo chegou na América, ele decidiu batizar toda a região entre o Rio Negro, o Rio Orinoco e a Amazônia de “Guiana”.

- Publicidade -

Com o passar dos anos, a disputa entre os países europeus fez com que surgissem divisões nessa região, como a Guiana Espanhola (Venezuela), a Guiana Britânica (Guiana), a Guiana Holandesa (Suriname), a Guiana Francesa e a Guiana Brasileira (Amapá).

Alvo de disputas

A região da Guiana Brasileira foi motivo de disputas diplomáticas e conflitos violentos por séculos. No começo, os portugueses e franceses disputavam a região da “Tucujulândia”, como também era conhecida a região que hoje chamamos de Amapá.

Durante os anos de 1700 e 1900, franceses, portugueses e brasileiros travaram guerras na região reivindicando o território. Tratados foram assinados para tentar conter os conflitos, mas eram constantemente desrespeitados.

 

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App