spot_img
spot_img

VEJA VÍDEO: Mãe luta há três anos para reconhecer filha nascida na Guiana Francesa

Mesmo após recorrer à Defensoria Pública do Pará, a mãe e sua filha ainda não obtiveram a assistência necessária para resolver esse problema burocrático.

Atualizado há

Há três anos, uma mãe enfrenta uma batalha na Justiça pelo reconhecimento da maternidade de sua filha, que nasceu na Guiana Francesa, mas ainda não possui uma certidão de nascimento. Na época do nascimento, a mãe estava vivendo como imigrante ilegal no país e temia ser deportada, o que a impediu de registrar o nascimento da criança.

A situação da família é delicada, pois a ausência de documentação afeta a vida da criança em diversos aspectos, incluindo a sua educação e acesso aos serviços de saúde. Mesmo após recorrer à Defensoria Pública do Pará, a mãe e sua filha ainda não obtiveram a assistência necessária para resolver esse problema burocrático.

A luta continua, com a esperança de que em breve a maternidade da criança seja reconhecida e ela possa desfrutar plenamente de seus direitos.

- Publicidade -

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App