spot_img
spot_img

VEJA IMAGEM: Homem fratura pênis em três pontos após posição sexual perigosa

O paciente reportou inchaço, assim como dores na região e sangue; caso é considerado incomum

Atualizado há

Um homem de 36 anos, morador da Tanzânia, sofreu uma incomum quebra do pênis em três pontos durante uma relação sexual. O paciente teria chegado à clínica cinco horas após perceber o inchaço do membro, assim como dores na região e sangue na uretra.

Aos médicos, descreveu que estava deitado, com a parceira na posição superior, quando se feriu (a posição, sem devida cautela, pode levar a lesão no pênis). Durante o movimento, ao tentar reinserir o membro na vagina da parceira, ouviu um barulho de estalo, seguido de dor e rápida perda da ereção. O choque com o períneo foi o que ocasionou a quebra.

As informações foram divulgadas em um relatório publicado na edição deste mês do periódico científico International Journal of Surgery Case Reports. O incidente em questão envolveu não apenas uma fratura de ambos os corpos cavernosos do pênis, mas também do corpo esponjoso, que protege a uretra, dizem os médicos que assinam o relato.

- Publicidade -

fratura peniana acontece quando o tecido que encobre esses corpos internos do pênis – a túnica albugínea – é rompida. Geralmente, esse tipo de caso ocorre quando, durante o sexo ou a masturbação, o membro é forçado a dobrar em excesso enquanto ereto. Uma fratura dessa natureza exige cirurgia e, se não tratada corretamente, pode levar à criação de cicatriz e a disfunção erétil.

Pesquisa relacionada aponta que cenários como o ocorrido na Tanzânia (em que os três corpos são danificados) abarcam de 9 a 20% dos casos de fratura peniana.

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App