Na noite de sábado, 17 de janeiro, durante a primeira reunião do ano, do departamento de Paramaribo do Partido Nacional do Suriname (Nationale Partij Suriname NPS) em Grun Dyari que estava lotado, vários moradores disseram que a situação do país é muito ruim.

Segundo John van Coblijn, conhecido como líder do partido NPS-Paramaribo, a situação está tão ruim que o presidente Desi Bouterse merece levar umas palmadas, com a sua política fracassada.

Publicidade

O aumento da desigualdade social aumentou revelou van Coblijn. “Nós não viemos ao mundo para morrer pobres. “Você veio à terra para ter uma boa vida”.

Segundo Coblijn, alguns dos membros do governo merecem levar umas palmadas, inclusive o presidente. Van Coblijn disse durante a reunião que o governo tinha amplos recursos financeiros disponíveis para trazer desenvolvimento para a sociedade, mas não foi capaz de fazer isto. “Então, você deve receber algumas palmadas para apreender”, disse van Coblijn. Ele ressaltou ainda que no de 2015, ainda existem pessoas em Paramaribo que estão vivendo em extrema pobreza. “Há pessoas de meia-idade que nunca tomaram banho de baixo de um chuveiro e nem sequer têm um banheiro em casa. Eles ainda usam “pinico”. Nos próximos 15 anos, o (NPS) vai lidar radicalmente com estes problemas”, prometeu van Coblijn.

Van Coblijn acrescentou que o (NPS) no próximo governo vai introduzir um sistema que permitirá ao governo construir pelo menos três mil casas por ano para quem precisa.

A situação atual deve ser uma coisa do passado. Segundo Coblijn, o cidadão está sendo tratado sob o atual governo como um mendigo.

O (NPS) vai introduzir uma política, onde os cidadãos possam dormir tranquilos sentindo-se seguros. “Além disso, a questão do meio-ambiente será abordada. Coblijn  prometeu que no governo do (NPS) o problema de tantos carros na rua e engarrafamentos serão resolvidos”.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar