spot_img
spot_img

União Europeia deve anunciar novas sanções contra a Rússia

Atualizado há

Apesar da expectativa sobre cessar-fogo no leste da Ucrânia, Estados Unidos e União Europeia continuam céticos a respeito das intenções de Putin.

Mesmo celebrando de maneira cautelosa a expectativa de um acordo que coloque fim ao conflito no leste da Ucrânia, os principais membros da Otan continuam desconfiados das intenções do presidente russo, Vladimir Putin. Em reunião de cúpula realizada em Newport, no País de Gales, nesta quinta-feira, os integrantes da aliança militar reafirmaram seu apoio à Ucrânia diante da influência “desestabilizadora” de Moscou. Pediram ainda que a Rússia “retire suas tropas” do território ucraniano e acabe com a anexação ilegal da Crimeia. A ideia é manter a pressão diplomática e econômica sobre o país, incluindo a imposição de sanções.

Nesta sexta-feira, a União Europeia deve anunciar um novo pacote de punições contra a Rússia, informou o jornal britânico The Guardian. O governo americano também está planejando novas sanções, como anunciou o vice-assessor de segurança nacional da Casa Branca, Ben Rhodes. “O ponto-chave é que a Rússia deve continuar a enfrentar consequências por sua própria escalada”, ressaltou.  “O presidente Obama e seus colegas europeus expressaram sua solidariedade com a Ucrânia e sublinharam o apoio a seu processo democrático”.

- Publicidade -

O cessar-fogo faz parte de um plano proposto por Putin nesta quarta e prevê o fim das hostilidades por volta do meio-dia desta sexta-feira. Nesta quinta, a situação continuou tensa no leste ucraniano, com uma coluna de separatistas avançando em direção a Mariupol e informações de que forças ucranianas bombardearam os arredores de Donetsk. O presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko, disse esperar que a trégua de fato se concretize, mas revelou que continua cético pelo fato de a proposta ter sido feita por Putin. O presidente ucraniano reafirmou que vai suspender a operação de retomada de territórios tomados por separatistas se um acordo for fechado.

O plano de Putin tem sete pontos, incluindo o fim dos ataques nas regiões de Donetsk e Lugansk, e a retirada das tropas ucranianas dessas áreas. A proposta também contempla o controle internacional do cessar-fogo, a troca de presos, a abertura de corredores de ajuda humanitária aos refugiados, a proibição de bombardeios aéreos e o envio de especialistas para a reparação da infraestrutura civil.

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: Veja

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App