spot_img
spot_img

Turistas deixam Venezuela e chegam a Roraima: ‘passamos fome’, dizem

Atualizado há

Grupo de 15 pessoas cruzou fronteira no fim da tarde desta segunda (19). Fronteira por Roraima será aberta todos os dias às 16h, hora de Brasília.

Cerca de 15 turistas que estavam na Venezuela chegaram ao Brasil no fim da tarde desta segunda-feira (19). Eles foram trazidos a Roraima por uma comitiva do governo do estado.

No grupo de pessoas que cruzaram a fronteira, havia tanto turistas brasileiros quanto venezuelanos que moram no Brasil. Eles foram beneficiados com a abertura diária da fronteira anunciada pelo Ministério das Relações Exteriores (Itamaraty).

- Publicidade -

Uma família venezuelana que vive em Roraima contou ter passado fome durante o período em que ficou retida em Santa Elena de Uairén, primeira cidade venezuelana após a fronteira com o Brasil.

“Nós apenas almoçávamos, porque não tínhamos dinheiro para tomar café e jantar. Estamos voltando para o Brasil sem nenhum centavo, porque tudo o que tinham gastamos para nos alimentar lá”, contou Luiz Eduardo, de 45 anos.

Ele, a esposa e os filhos de 13 e 16 anos contaram que em Santa Elena de Uairén, primeira cidade após a fronteira com o Brasil, a situação é precária. “Na Venezuela não tem comida e as pessoas foram para as ruas. Estão saqueando tudo”, relata.

Inicialmente, a Secretaria de Relações Internacionais tinha informado que 37 pessoas seriam resgatadas pela comitiva do governo. No entanto, segundo a titular da pasta, Verônica Caro, apenas 15 foram localizadas no país.

“Sabemos que existem muitos outros brasileiros querendo voltar para o Brasil. Pessoas que estão viajando a caminho de Santa Elena para cruzar a fronteira. Essas pessoas devem procurar o auxílio da  nossa secretaria ou da embaixada na Venezuela”, informou Verônica.

O advogado brasileiro Bruno Gadelha também conseguiu voltar para o Brasil nesta segunda. Ele disse ter ido a Venezuela para visitar parentes e amigos, e que foi pego de surpresa pelo fechamento da fronteira.

“Como já venho há muitos anos para a Venezuela, me precavi e trouxe bastante dinheiro. Não cheguei a ter problema, mas sabemos que quem não se preveniu financeiramente teve dificuldades”, afirmou.

O Itamaraty anunciou na tarde desta segunda que a fronteira entre o Brasil e Venezuela, fechada por ordem do presidente Nicolás Maduro, será aberta diariamente para a passagem de turistas brasileiros.

Venezuelanos esperam para voltar ao país
Apesar da passagem de brasileiros ter sido oficialmente liberada, venezuelanos ainda esperam para voltar ao país natal.

Um deles é o taxista José Sanchez, de 54 anos. Ele mora na cidade de Cumaná e veio ao Brasil na segunda-feira (12) a passeio. Ao tentar voltar para casa, na terça-feira, foi surpreendido pelo fechamento da fronteira.

Fonte: G1

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App