spot_img
spot_img

Tufão Hagupit chega domingo nas Filipinas, onde já há 600 mil evacuados

Atualizado há

Manila, 6 dez (EFE).- O tufão Hagupit, acompanhado de ventos constantes de 185 km/h e rajadas de até 220 km/h, chegará no domingo às Filipinas, onde 600 mil pessoas já fugiram de seus lares, informaram neste sábado as autoridades.

O último boletim da Agência Meteorológica das Filipinas (Pagasa) detalhou que Ruby, o nome local, se movimenta em direção ao país em uma velocidade de 13 km/h, e chegará à região central na primeira hora do domingo, em vez de hoje, como estava previsto, e levará mais de três dias para atravessar o arquipélago.

Moradores da cidade de Basey, em Samar, confirmaram à televisão local “ANC” que já há fortes ventos e chuvas intensas, embora o tufão se encontre a 180 quilômetros do litoral oriental filipino.

- Publicidade -

Os meteorologistas preveem, segundo os últimos dados, que Hagupit não seguirá a mesma rota que Haiyan percorreu em novembro de 2013 e deixando 6.300 mortos e milhões de desalojados e desabrigados, mas baterá ligeiramente mais ao norte e castigará primeiro as províncias de Samar Oriental e Samar do Norte.

Pagasa advertiu da possibilidade de uma ressaca ciclônica de seis metros de altura nas áreas mais ameaçadas que pode atingir os imóveis de somente um andar.

O tufão Hagupit passará a somente 130 quilômetros de Manila na tarde do domingo, e são esperadas intensas precipitações na capital filipina, onde vivem 12 milhões de pessoas.

A Agência de Gestão e Redução de Risco de Desastres das Filipinas completou a evacuação nas zonas litorâneas da cidade de Borongan, para onde o tufão se dirige.

As autoridades declararam alerta 3 – de um máximo de 4 – em oito províncias, fecharam vários portos e cancelaram pelo menos 90 voos nacionais e internacionais.

O chefe da Cruz Vermelha Espanhola nas Filipinas, Roger Alonso, contou à Agência Efe que estão distribuindo material de ajuda humanitária às localidades estratégicas da região que será afetada.

“Além da complicada logística própria das Filipinas, esta situação de emergência é ainda mais difícil porque não está claro que caminho o tufão seguirá, mas distribuímos o material em cidades estratégicas para depois poder transportá-lo com a maior facilidade possível”, explicou Alonso.

Hagupit afetará cerca de 4,5 milhões de pessoas quando entrar no arquipélago filipino, segundo cálculos do Escritório da ONU para a Coordenação de Assuntos Humanitários.

Entre 15 e 20 tufões passam todos os anos pelas Filipinas durante a temporada chuvosa, que começa pelo em junho e termina em novembro. EFE

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: UOL

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App
%d blogueiros gostam disto: