Caso ocorreu na Refinaria Landulpho Alves, em São Francisco do Conde.Segundo sindicato, um dos trabalhadores teve 70% do corpo queimado.

Uma explosão na Refinaria Landulpho Alves, instalada em São Francisco do Conde, na região metropolitana de Salvador, deixou três trabalhadores feridos no domingo (18). Por conta do incidente, os trabalhadores realizaram uma manifestação na manhã desta segunda-feira (19).

Publicidade

De acordo com a Petrobras, o incidente ocorreu em um vaso da Unidade Geradora de Hidrogênio durante a realização de um serviço.

Segundo o Sindicato dos Petroleiros da Bahia (Sindipetro-BA), um caldeireiro teve 70% do corpo queimado e fratura, outro caldeireiro teve queimaduras em 25% do corpo, e uma observadora teve 10% do corpo queimado, além de corte na cabeça. A categoria afirma que a explosão gerou deslocamento do ar que projetou os trabalhadores contra outras estruturas da refinaria.

Em nota, a Petrobras informou que os feridos foram “prontamente atendidos pela equipe médica da refinaria, encaminhados ao hospital, e a companhia está prestando a assistência necessária”. A empresa garante que todos os serviços da parada de manutenção foram interrompidos para averiguação das causas do acidente.

A Petrobras afirma ainda que “não houve danos ao meio ambiente e o abastecimento ao mercado não será afetado”.

Protesto
A manifestação realizada na manhã desta segunda-feira (19) aconteceu em frente a Refinaria Landulpho Alves. Segundo o Sindicato dos Petroleiros da Bahia, os trabalhadores se reuniram para cobrar mais segurança no local.

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: G1

Comentar

Comentar