— Foto: Luiz Paulo
Publicidade

Em nota divulgada neste sábado, dia 20, a Transámerica Viagens informou que, em virtude da greve dos aeroportuários do Suriname, o voo que seguiria para o Brasil na última sexta-feira (19), em operação conjunta com Surinam Airways (SLM), ficou impossibilitado de acontecer.

Segundo a agência, na próxima segunda-feira, dia 22, novas informações serão repassadas aos passageiros. A Transámerica informou, ainda, que arcará com o custo de um novo teste da Covid-19, bem como com a alimentação e hospedagem. Quem já tinha um voo nacional será reacomodado.

Publicidade

No Brasil, a redação do LPM News solicitou, na noite da última sexta-feira, dia 19, esclarecimentos à Infraero, empresa pública que administra o aeroporto de Val de Cans, em Belém. Até a publicação desta matéria, nenhum retorno foi dado. A reportagem ainda aguarda um posicionamento.

Comentar

Comentar