A transexual paraense Ticiane Castro foi presa na madrugada deste sábado (2) em Ragusa, na Sicília, Itália, após esfaquear um cliente.

De acordo com a agência de notícias italiana Ansa, a agressão teria ocorrido depois que a vítima se negou a pagar um valor mais alto pelo programa.

Publicidade

Ela foi detida e acusada de extorsão e lesão corporal.

Ainda conforme a agência de notícias, o homem conseguiu fugir para um hospital, mas chegando lá disse que dois imigrantes tentaram sequestrá-lo.

No entanto, a polícia de Ragusa “reconstituiu a dinâmica da agressão, o que levou a prisão da transexual”, informaram os policiais.

Ticiane, que nasceu Raiol Bahia Christyan Cezar, 31 anos, era moradora de Mosqueiro, distrito de Belém. Amigos dela contaram à reportagem do DOL que há dois anos ela mora na Itália.

Os amigos não souberam contar se a família de Ticiane já foi informada sobre a prisão.

Fonte: Dol

Comentar

Comentar