spot_img

Temer discursa no Brics, defende reformas e fala em ‘aprimorar’ ambiente de negócios

Atualizado há

Em viagem à China, presidente fez pronunciamento na abertura de fórum do grupo. Segundo a TV Globo, ele havia decidido antecipar retorno ao Brasil, mas desistiu.

0 presidente Michel Temer participou neste domingo (2), na China, da cerimônia de abertura do Fórum Empresarial do Brics. No discurso, ele defendeu as reformas propostas pelo governo ao Congresso e falou em “aprimorar” o ambiente de negócios no Brasil.

Temer desembarcou em Xiamen por volta das 3h (hora de Brasília) e seguiu para a uma das reuniões do grupo que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. Antes de chegar à cidade, o presidente teve compromissos nos últimos dias em Pequim, onde fez visita de Estado, a mais alta na diplomacia.

A empresários do Brics, o presidente defendeu as reformas da Previdência Social (em análise na Câmara); trabalhista (já aprovada pelo Congresso e sancionada); e a emenda constitucional que estabeleceu um limite para o crescimento dos gastos públicos (promulgada no fim do ano passado).

“Quero enfatizar é que o Brasil está aberto aos grandes investimentos, até porque hoje ele atravessa período de grande modernização econômica. Nós temos criado as condições para o crescimento sustentado de longo prazo, crescimento que gera empregos e renda para nossa população”, disse o presidente no discurso.

“O trabalho que nosso governo tem levado adiante, sempre em diálogo com a sociedade, tem duas vertentes maiores: pôr em ordem as contas públicas e aprimorar o ambiente de negócios. A verdade é que, no mundo de hoje, não há espaço para improvisação”, acrescentou.

Temer aproveitou o discurso para divulgar aos empresários o plano de concessões e privatizações do governo anunciado no último dia 23 de agosto. O pacote prevê 57 ativos que serão disponibilizados para a iniciativa privada.

“Nós temos, agora, marcos regulatórios mais racionais e previsíveis, e nós dizemos isso porque isso gera segurança jurídica, que é o que mais interessa aqueles que vão contratar aplicando seus recursos no nosso país”, disse o presidente.

Reformas

Ao falar sobre as reformas, Temer disse que as mudanças nas regras para aposentadoria são necessárias porque a Previdência Social “ficou defasada e hoje gera um déficit bastante significativo”. Pelas estimativas do governo, as contas do INSS deverão registrar no ano que vem um rombo superior a R$ 200 bilhões.

“O atual sistema previdenciário, que é antigo, é reflexo de uma realidade demográfica já superada. Ajustá-lo é essencial não apenas para salvar a própria Previdência, mas também para o esforço mais amplo de equilíbrio fiscal”, disse o presidente.

Sobre a reforma trabalhista, Temer afirmou aos empresários do Brics que a “flexibilização” das normas irá assegurar todos os direitos aos trabalhadores. Na avaliação do presidente, as mudanças propostas pelo governo e aprovadas pelo Congresso fizeram o número de empregos crescer “substancialmente” desde então.

Os dados mais recentes do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados no mês passado, mostram que o Brasil gerou 35,9 mil vagas formais de trabalho em julho, 4º mês seguido de crescimento.

Temer ainda defendeu a chamada PEC do teto, emenda constitucional que estabeleceu um limite para o crescimento dos gastos da União (Executivo, Legislativo e Judiciário).

Retorno ao Brasil

O presidente havia decidido antecipar a viagem de volta ao Brasil desta terça (5) para esta segunda (4), mas desistiu.

A decisão sobre atencipar ou não o retorno acontece em meio à expectativa no mundo político de o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresentar uma nova denúncia contra o presidente nos próximos dias.

Em entrevista à TV Bandeirantes, exibida neste sábado (2), Temer disse não estar preocupado com uma possível nova denúncia de Janot contra ele.

Fonte: G1

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

Suspeito indiciado pela morte de Jeff Machado confessou a ocultação do corpo do ator,...

0
O nome de uma pessoa que não tinha sido revelado pela polícia na investigação da morte do ator Jeff Machado, de 44 anos, está entre os dois indiciados pela Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA) por homicídio e ocultação de cadáver nesta quarta-feira (31)....

LPM TV exibe clássico Fla Flu pela Copa do Brasil nesta quinta-feira (1º)

0
Confira a programação desta quinta-feira, dia 1º 14h30   –   CNN Brasil (Ao vivo) 15h00   –   Filme: Cowboys & Aliens 16h55   –   Documentário: Febre do Ouro 17h40   –   Globo Esporte 18h00   –   Jornal Hoje 19h20   –   Reality: Pequenas Empresas, Grandes Sonhos 20h00   –   Copa do Brasil: Flamengo...

Mais de 120 quilômetros da estrada que liga Roraima a Guiana está pavimentado

0
No programa Agenda da Semana, que pertence a uma rádio de Roraima, o secretário Estadual Especial de Atração de Investimento, Aluízio Nascimento, falou sobre a integração econômica do estado com a República Federativa da Guiana, investimentos e desenvolvimento da...

Após MP do Suriname exigir 20 anos de prisão, ex-ditador dispara: “Não esqueçam que...

0
O Ministério Público (MP) do Suriname voltou a exigir a sentença de 20 anos de prisão para o ex-presidente Desi Bouterse, julgado em segunda instância pelo assassinato de 15 opositores em 1982, baseado na...

Pastor André Valadão faz desabafo sobre caso com atriz global

0
O pastor André Valadão se irritou e deu um esporro em seus seguidores na tarde da última segunda-feira (29) depois que uma polêmica, envolvendo um suposto caso extraconjugal, surgiu na caixa de perguntas do...

Petrobras planeja retomar investimento na Bolívia, Venezuela e Guiana

0
O dirigente da Petrobras, Jean Paul Prates, se encontrou com o presidente da Bolívia, Luis Arce, para tratar sobre o futuro da exploração de gás e petróleo na América do Sul nesta terça-feira (30/5)....

Paraense presa com cocaína na Indonésia pede desculpas ‘por ofender o país’ na última...

0
A brasileira Manuela Vitória de Araújo Farias, presa em janeiro por tráfico de drogas na Indonésia, pediu, durante audiência desta terça-feira (30), desculpas às autoridades indonésias por "ofender o país". A declaração da mulher foi...
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App
%d blogueiros gostam disto: