O psiquiatra R. Haarloo recebeu a sua carta de nomeação do ministro Blokland para coordenar uma abordagem cientifica sobre o problema do suicídio no Suriname.

O país tem uma das maiores taxas de suicídio na região e o ministro da saúde, Michel Blokland,  instalou um  comité científico para a prevenção do suicídio no Suriname.

Publicidade

O Presidente da comissão, o psiquiatra, R. Haarloo, disse que é hora de  realmente tentar dar passos importantes nessa questão. Haarloo também disse que é necessário que toda a comunidade esteja envolvida na prevenção do suicídio nacional.

O comitê se encaixa no “Plano Nacional para a Saúde Mental no Suriname 2015-2020” e os planos que envolvem vários aspectos da saúde mental estão incluídos. A comissão tem prazo de um ano e é formada por Haarloo que trabalha no Centro Psiquiátrico do Suriname, Z. Pengel, T. Graafsma, W. Punwasi F. Poese, N. Burleson e SB Bleau-Bhagwan.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar