O embaixador do Suriname na Holanda, Rajendre Khargi, a pedido do governo de Chan Santokhi, pediu ajuda emergencial no combate a pandemia. De acordo com a CDS, os trabalhadores humanitários se comprometeram a coordenar todas as atividades.

“Vamos unir forças para agilizar a ajuda emergencial ao Suriname. Essa ajuda será composta por pessoal de cuidados intensivos, enfermeiros, laboratório, médicos de enfermaria e especialistas, incluindo intensivistas e infectologistas”, adiantou Khargi.

Publicidade

O setor de saúde do Suriname também receberá medicamentos, equipamentos de respiração e monitoramento com consumíveis associados. “Além disso, foi estabelecido que a disponibilidade e o transporte de vacinas são uma das principais prioridades paralelamente”, completou.

De acordo com o governo, o Ministério da Defesa da Holanda enviou ao Suriname dois contentores militares de oxigênio para produção local. “Esta aeronave de carga partiu para Paramaribo nesta terça-feira”, completou, sem detalhar o horário de pouso.

Comentar

Comentar