spot_img
spot_img

Suriname recebe prêmio “Campeões contra a Malária das Américas” por conquista histórica na saúde

A colaboração técnica entre o Brasil e o Suriname desempenhou um papel crucial nesse sucesso

Atualizado há

PARAMARIBO – Em um feito notável na área de saúde, o Suriname celebra a conquista de se tornar o primeiro país na região amazônica a estar livre de casos de malária desde 2021. Essa significativa vitória foi reconhecida pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) na edição de 2023 dos “Campeões contra a Malária das Américas,” conferindo ao Suriname o prestigioso prêmio.

A colaboração técnica entre o Brasil e o Suriname desempenhou um papel crucial nesse sucesso. Sob a coordenação da Agência Brasileira de Cooperação (ABC) e o apoio da Embaixada do Brasil em Paramaribo, a parceria bilateral concentrou-se em iniciativas para combater a leishmaniose, a doença de Chagas e erradicar a malária.

No período de 2016 a 2019, 28 especialistas surinameses foram capacitados pelo Brasil, 500 kits de tratamento contra a leishmaniose foram doados, juntamente com 7.500 medicamentos antimaláricos. Além disso, o Brasil contribuiu para fortalecer o Programa de Malária do Suriname, que recebeu reconhecimento da OPAS em 2018. A bem-sucedida parceria bilateral foi renovada em 2022, dando origem ao projeto “Fortalecimento da vigilância em saúde das doenças de transmissão vetorial: malária, chagas e leishmaniose”.

- Publicidade -

 

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App
%d blogueiros gostam disto: