spot_img
spot_img

Suriname explora a adoção do bitcoin (BTC) e pode converter 1% de suas reservas internacionais

A proposta de converter 1% das reservas, equivalente a cerca de US$ 11,9 milhões, em Bitcoin tem o potencial de causar um impacto positivo no mercado de criptomoedas

Atualizado há

PARAMARIBO – O Suriname está dando passos ousados no cenário das criptomoedas, explorando a possibilidade de converter 1% de suas reservas internacionais em Bitcoin (BTC). Essa revelação ocorreu após uma reunião entre os líderes da JAN3, uma empresa dedicada ao Bitcoin, e o presidente Chan Santokhi, juntamente com sua equipe.

Samson Mow, fundador e CEO da JAN3, e Ben Van Hool, diretor de operações, compartilharam suas ideias sobre estratégias de adoção do BTC durante o encontro. Em uma declaração à imprensa local, Mow destacou que essa mudança poderia servir como proteção contra a inflação e impulsionar a economia surinamesa.

A proposta de converter 1% das reservas, equivalente a cerca de US$ 11,9 milhões, em Bitcoin tem o potencial de causar um impacto positivo no mercado de criptomoedas. Além disso, evidencia a aspiração do presidente Santokhi em posicionar o Suriname como líder mundial em finanças e tecnologia.

- Publicidade -

A JAN3 salientou que, devido à ausência de uma infraestrutura financeira consolidada, o Suriname enfrenta menos obstáculos para adotar o Bitcoin. A empresa também ressaltou a possibilidade de utilizar a tecnologia do Bitcoin para impulsionar setores como o turismo, em um movimento que ecoa o ocorrido em El Salvador após sua adoção do BTC em 2021.

A empresa apresentou propostas sobre como integrar o Bitcoin à economia surinamesa, incluindo a mineração em áreas remotas para promover a autossuficiência. Essa iniciativa se assemelha ao projeto Bitcoin Sranan, que busca construir uma comunidade Bitcoin nas áreas rurais do Suriname.

Raúl Velásquez, diretor de marketing da JAN3, destacou o interesse genuíno do Suriname na tecnologia Bitcoin, indo além da mera adoção como moeda legal. Ele comparou esse interesse ao crescimento observado em outras regiões, como o Butão, onde a mineração de Bitcoin é utilizada para transações e investimentos de longo prazo.

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App
%d blogueiros gostam disto: