A situação na fronteira oriental do Suriname ainda é motivo de preocupação para o governo, sobretudo, após a confirmação de 12 novos casos da Covid-19 na região de Grand-Santi, na Guiana Francesa. Cleopatra Jessurun, diretora de saúde, reiterou o cenário do vírus no país.

“O Suriname provou ser capaz de agir rápida e decisivamente. Isso evitou um surto de coronavírus no país até agora. O botão foi pausado por enquanto”, disse a diretora se referindo a recuperação de nove dos dez pacientes que testaram positivo para a Covid-19 desde março.

Publicidade

“A Diretoria de Saúde está profundamente preocupada com esse desenvolvimento, no entanto. O curso adicional da situação depende fortemente do grau de conformidade com os regulamentos de pedidos e segurança. Por isso, apelamos à comunidade para não relaxar na luta contra a Covid-19”, concluiu.

Foto: NII

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar