Em sua página no Facebook, a Embaixada do Brasil em Paramaribo, publicou um informativo sobre as eleições presidenciais 2018.

O aviso emitido pelo setor consular alerta os brasileiros que residem no Suriname sobre a data das eleições presidenciais marcadas para o dia 7 de outubro de 2018.

Em seu comunicado dirigido aos eleitores brasileiros no Suriname, a embaixada informa que aqueles que não efetuaram o requerimento do seu título ou a transferência do seu domicílio eleitoral para o Suriname, estarão impossibilitados de votar nas eleições de 2018. A Embaixada também alerta que os eleitores já inscritos no Suriname que não comparecerem às eleições no dia 07 de outubro deverão justificar sua ausência.

O local de votação para as eleições presidenciais será a sede do Centro Cultural Brasil-Suriname (CCBS) localizada na H.D. Benjaminstraat # 29. “Em caso de segundo turno, o eleitor voltará ás urnas no dia 28 de outubro”, informou o comunicado da Embaixada do Brasil em Paramaribo.

Segundo informações divulgadas pelo Ministério das Relações Exteriores através do Portal Consular, os cidadãos brasileiros maiores de 18 anos residentes no exterior também devem cumprir suas obrigações eleitorais (alistamento e voto, por exemplo). Aos cidadãos que possuem domicílio eleitoral no exterior (Zona Eleitoral ZZ), o exercício do voto é exigido apenas nas eleições para Presidente e Vice-Presidente da República. A votação fora do território nacional é organizada pelo Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal, com o apoio da Rede Consular brasileira em cada país.

Em um vídeo informativo sobre as eleições na fronteira seca, o embaixador do Brasil no Suriname, Sr. Laudemar de Aguiar Neto, fala sobre o empenho da embaixada brasileira em Paramaribo, para promover o recadastramento eleitoral de brasileiros residentes no Suriname. (Veja o vídeo).

Para mais informações visite a página da embaixada brasileira no Facebook no endereço @embaixadadobrasilemparamaribo ou entre em contato diretamente com o Setor Consular da Embaixada do Brasil no Suriname através dos telefones: 400-200 ou 400-206.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar