De 2 a 15 de janeiro, a polícia prendeu 250 suspeitos, dos quais 146 ou mais de 58% encontram-se sob custódia. De acordo com o Departamento de Polícia do Suriname (KPS), isso diz respeito a suspeitas sérias, como crimes violentos, assaltos, assaltos, assaltos e crimes sexuais, durante esse período, 167 arquivos criminais foram enviados ao Ministério Público. 

A polícia continua a fazer cumprir para aumentar o senso de segurança na sociedade. “ Como polícia, continuamos com ousadia com a abordagem do crime, sem levar em conta as pessoas”, diz o diretor de operações, comissário de polícia Bryan Isaacs. 

Atualmente, a polícia recebe apoio do Exército Nacional e outros serviços de segurança.

“A Força Policial do Suriname conta com a sociedade para compartilhar com ela informações que possam levar ao esclarecimento de ofensas e distúrbios criminais por meio do número abreviado 115, a linha de dicas gratuita 179 ou a delegacia mais próxima. Dessa forma, você dá uma contribuição valiosa para a segurança da sociedade ”, informa o KPS.

Comentar

Comentar