spot_img
spot_img

Santokhi renuncia à participação na cúpula do G20, na Indonésia

Presidente chegou a afirmar que a participação do Suriname na cúpula era uma oportunidade excepcional.

Atualizado há

O presidente Santokhi renunciou na sexta (11) a ida à Indonésia para a cúpula do G20, que ocorre na próxima terça-feira (15). Ele participaria como presidente da Caricom, a comunidade dos países do Caribe. 

O ministro Albert Ramdin, de Relações Exteriores, Negócios Internacionais e Cooperação Internacional, anunciou à imprensa que, dada a situação no país, o chefe de Estado optou por não ir. 

“Ele não considera apropriado viajar, dado os desenvolvimentos atuais no país. As viagens do presidente não são mais compensadas pelos canais diplomáticos”, afirmou o ministro.

- Publicidade -

Santokhi havia sido convidado pelo presidente da Indonésia, Joko Widodo, que é presidente do G-20.

O G-20 é um grupo composto por 19 países e pela União Europeia ( UE ), que representa cerca de 90% do produto bruto global e cerca de 80% do comércio mundial.

Santokhi disse anteriormente que é vital que o Caricom seja ouvido em palcos internacionais, locais onde pequenos países normalmente não têm acesso. 

Ele também chegou a afirmar que a participação do Suriname na cúpula era uma oportunidade excepcional.

 

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App