— Foto: Luiz Paulo

O presidente do Suriname Chan Santokhi empossou na tarde desta sexta-feira, dia 25, o novo dirigente da Mesa Eleitoral Independente (OKB). Sheikh-Alibaks Samseerali enfatizou, durante seu primeiro pronunciamento, o papel da mesa como guardiã da integridade da democracia.

“Bem como da integridade do processo eleitoral. O OKB continuará sendo uma instituição importante que monitorará de perto a correta condução das eleições e, assim, cumprirá uma de suas importantes tarefas de proteger os eleitores”, disse o novo gestor.

Publicidade
Chan Santokhi — Foto: Luiz Paulo

Santokhi, por outro lado, falou em incidentes após o último processo eleitoral, o que o elegeu. “O regulamento eleitoral constitui um processo de modelação cuidadoso que deve garantir que as opiniões dos eleitores sejam refletidas tanto quanto possível nos resultados eleitorais”, adiantou.

“Mas o processo eleitoral acabará sendo eficaz se a população tiver confiança suficiente nesse processo. Isso significa que as eleições devem obedecer a três princípios básicos, a saber: eleições livres, secretas e justas. Com base nestes três princípios, o OKB cumpre o papel de guardião independente”, finalizou.

Composição

O vice-presidente da OKB é Ravin Soerdjbali Rafin. São membros: Sharma Lakisharan, Cecil Valies, Karel Hok-A-Hin, Reita Joemratie, Hendrik Jamaloodin, Stephanie Bram, Raj Jadnanansing, Paul Lank, Irma Dorinnie, Steven MacAndrew e Sonja Bron. Suplentes: Qi-Chun Zhang e Wendy Aminta. O secretário é Anielkoemar Sewgobind.

Comentar

Comentar