spot_img
spot_img

Roraima e Guiana unem esforços no combate à Dengue tipo 3 na fronteira

O alerta na região fronteiriça teve início em agosto, quando foram confirmados dois casos da doença no território brasileiro

Atualizado há

GEORGETOWN E BOA VISTA – Nesta segunda-feira (06), autoridades de Roraima e do país vizinho, Guiana, se reuniram para discutir e coordenar ações conjuntas no combate à Dengue tipo 3, que se encontra em alerta na região de fronteira, entre as cidades de Bonfim, no Brasil, e Lethem, na Guiana. A reunião reuniu representantes da Secretaria de Saúde (Sesau) de Roraima e autoridades guianenses.

O alerta na região fronteiriça teve início em agosto, quando foram confirmados dois casos da doença no território brasileiro. Desde então, ambos os países têm implementado uma série de medidas para prevenir o colapso do sistema de saúde pública em Roraima.

Segundo a Sesau, essas ações são de extrema importância para o controle da Dengue tipo 3 e visam evitar a possibilidade de uma epidemia da doença no Estado, especialmente em Bonfim. Valdirene Oliveira, coordenadora Geral de Vigilância em Saúde, enfatizou a importância das ações conjuntas: “Com isso, será possível fazer o controle vetorial, para reduzir ou evitar um aumento de casos na cidade de fronteira, bem como realizar o atendimento dos pacientes de forma oportuna.”

- Publicidade -

As ações estão sendo coordenadas entre a Sesau, o município de Bonfim e a cidade de Lethem, na Guiana. Durante as reuniões entre as autoridades de saúde, ficou acordada a realização de nebulização por meio de “carro fumacê” em dois períodos: de 31 de outubro a 03 de novembro de 2023 e de 07 a 10 deste mês. Essa medida tem como objetivo fortalecer a capacidade operacional da equipe de endemias da cidade de Lethem para bloquear a transmissão da doença.

Além disso, foi confirmada a realização de atividades de capacitação e organização das Unidades de Saúde do município e do Hospital Pedro Álvaro Rodrigues. Essas ações visam reforçar a capacidade de atendimento das demandas de saúde das duas cidades, fortalecendo a resposta conjunta no combate à Dengue tipo 3 na região de fronteira.

A união de esforços entre Roraima e a Guiana demonstra a importância da cooperação internacional no enfrentamento de ameaças à saúde pública, como a Dengue, e serve como exemplo de como a colaboração entre países pode ser fundamental na proteção da população em áreas de fronteira.

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App