Modelo, que estreou na TV em ‘Verdades secretas’, admite que beleza atrai cantadas, mas gosta de mulher ‘de conteúdo’: ‘Busco algo menos superficial’.

Dá para dizer que o último mês foi um divisor de águas na vida de Raphael Sander. O carioca de 28 anos estreou em uma novela, “Verdades secretas”, e se separou de Carol Castro, após dois anos de namoro e mais um de casados. “É um período delicado e foi complicado porque infelizmente aconteceu durante o processo de gravação da novela. Mas tem que seguir a vida e ser feliz”, diz ele. Apesar de visivelmente borocoxô, o ator garante que a decisão da separação partiu dos dois, e que continuam amigos. “Não aconteceu nada demais, não teve traição. Isso nunca aconteceu. Sou muito fiel, respeito para mim é o mais importante. Até porque, acredito que tudo que a gente faz, volta”.

Publicidade

Com o fim do casamento, Raphael alugou uma casa em frente à de Carol, na Zona Sul do Rio. A atriz, por sua vez, não parece querer tanta proximidade assim: no Instagram, deletou todas as fotos em que o agora ex aparecia. “Não fiquei chateado. Ela tem a liberdade e o direito de fazer o que quiser”, desconversa ele, que ainda tenta organizar a nova rotina de solteiro.

Os dias têm sido divididos entre as gravações da trama das 23h e cursos de interpretação e sessões de fonoaudiologia. “Meu foco é total na atuação”. Quando dá, conta o ator, vai à aula de dança de salão, pega uma praia ou assiste a DVDs – os favoritos são clássicos como “Morte em Veneza”, de Luchino Visconti – e séries como “Better call Saul” e “House of Cards”.

Baladas, portanto, não têm sido frequentes. Mas com essa pinta de galã, as cantadas rolam em qualquer lugar, obviamente. Raphael, porém, tenta minimizar: “Assim você me bota numa situação difícil. Você também não leva cantada?”, brinca. “Não gosto de dizer que sou isso ou aquilo. Se você acha, obrigado. Mas a beleza não é o meu foco. Busco algo menos superficial”.

Como não dá para negar a realidade, o ator admite que sim, essa carga genética maravilhosa já ajudou bastante. “Nunca foi problema arrumar namorada? Não, ? Mas a questão é o que a pessoa acrescenta, o conteúdo. Não é só beleza que importa”, comenta ele, que trabalha como modelo há oito anos. Raphael afirma que não há espaço para assédio no backstage dos desfiles e campanhas, como acontece com seu personagem, Léo, em “Verdades”. “É comum receber cantas de homens e mulheres, mas não por eu ser modelo. No mundo da moda há sempre profissionais que se respeitam”, faz questão de frisar.

Sobre o book rosa (espécie de catálogo com modelos que participam de encontros sexuais), outro tema abordado na novela, Raphael diz: “Sempre ouvi boatos sobre isso, mas não conheço ninguém que tenha recebido propostas assim, nem eu”, conta ele, que não teria receio em fazer cenas de nudez se fosse preciso, e ainda elogia o bumbum de Rodrigo Lombardi, parceiro na novela: “O coleguinha de trabalho está em forma”, diz, aos risos. Raphael comemora a repercussão da novela, que tem causado com suas cenas picantes desde a estreia, há cerca de 20 dias. “O horário das 23h permite uma liberdade maior e o elenco está sabendo aproveitar bastante isso”.

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: Ego

Comentar

Comentar