spot_img
spot_img

Queda de helicóptero da ONU deixa três mortos

Atualizado há

Aeronave teria sido abatida por forças rebeldes em região petrolífera.

A queda de um helicóptero da missão de paz da ONU no Sudão do Sul matou os três tripulantes. Informações preliminares apontam para a possibilidade de a aeronave ter sido abatida. A companhia aérea russa UTair disse que o helicóptero Mi-8 contratado pelas Nações Unidas foi atingido por um disparo realizado em terra, a três quilômetros de distância do aeroporto de destino.

Um chefe rebelde que havia advertido a ONU a não sobrevoar seu território afirmou ter derrubado a aeronave, informou a agência de notícias Associated Press. A queda ocorreu perto de Bentiu, no norte do país, capital do Estado de Unity. Rica em petróleo, a região é alvo constante de confrontos entre forças do governo e rebeldes e já mudou de mãos várias vezes. Um cessar-fogo está em vigor, mas não conseguiu acabar com as hostilidades. Nesta segunda, os dois lados estabeleceram um prazo de 45 dias para a formação de um governo de unidade.

- Publicidade -

A disputa envolve soldados leais ao presidente Salva Kiir, da etnia Dinka, e aliados do ex-vice-presidente Riek Machar, da etnia Nuer. O fato de os dois serem de etnias rivais levou o conflito a assumir ares de guerra sectária. Milhares de pessoas morreram no Sudão do Sul desde o início do conflito, em dezembro. Calcula-se que 1,8 milhão de pessoas abandonaram suas casas e dependem do envio de ajuda humanitária da ONU para sobreviver.

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: Veja

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App