spot_img
spot_img

Protesto em embaixada dos EUA termina em conflito na Grécia

Atualizado há

Cerca de 20 mil pessoas participaram de manifestação em Atenas. Marcha anual lembra mortes em protesto contra a ditadura em 1973.

Manifestantes gregos entraram em um breve conflito com a polícia durante um protesto, até então pacifico, que reuniu 20 mil pessoas em Atenas, na segunda-feira (17). O ato marcava os 41 anos de uma revolta estudantil contra a ditadura que terminou em mortes.

A polícia usou gás lacrimogêneo e bombas de efeito moral para dispersar dezenas de manifestantes que estavam quebrando o calçamento para atirar paralelepípedos nos policiais, mas não há registro de feridos. Conflitos menores aconteceram no final do dia em outra parte de Atenas, após o fim do protesto.

- Publicidade -

A marcha anual termina na Embaixada dos EUA em protesto pelo apoio norte-americano à ditadura que governou o país de 1967 a 1964. Este ano ela foi monitorada por 7 mil policiais, destacados para evitar a potencial repetição da violência registrada em anos anteriores. Em comícios recentes, manifestantes também têm manifestado irritação com duras medidas de austeridade destinadas a fortalecer a abatida economia do país.

A Revolta Politécnica de 1973 desafiou a ditadura, e a polícia e o exército responderam abrindo fogo contra manifestantes e pessoas que circulavam perto de um campus universitário no centro de Atenas. O regime caiu no ano seguinte.

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App
%d blogueiros gostam disto: