Quatro proprietários das nove balsas de mineração que foram apreendidas no lago de Brokopondo receberão licenças para a exploração de ouro em terras do Suriname.

Com os proprietários das balsas foi acordado que estes não mais voltarão a fazer a mineração no reservatório de Brokopondo por causa dos sérios danos ambientais que esta atividade vinha causando as aldeias vizinhas que dependem do lago para sua sobrevivência.

Já existe uma área traçada onde os quatro proprietários terão direito a uma concessão e as balsas que foram apreendidas serão levadas para um local em Marowijnekreek, onde serão desmontadas.

A obtenção de uma licença não é uma má solução para os quatro proprietários das balsas que ainda correm o risco de pagar uma multa pesada por poluição ambiental no reservatório de Brokopondo.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar