spot_img
spot_img

Primeiro navio com arroz de Nickerie já saiu para a Venezuela

Atualizado há

Sob o olhar atento dos Ministros Soeresh Algoe da Agricultura, Pecuária e Pescas (LVV Ministerie van Landbouw, Veeteelt en Visserij) e Winston Lackin Ministro de Relações Exteriores que estavam em Nickerie no domingo, 8 de março, foi realizado o primeiro carregamento com 1.500 toneladas de carga paddy para exportação a Venezuela.

Antes, os ministros tiveram uma reunião tumultuada com a Associação dos Exportadores de Arroz (VRE Vereniging van Rijst Exporteurs). Os membros acusaram o Presidente Bhagwatpersad Ramadhin de não ter compartilhado as informações com os membros, mas de ter mantido para si mesmo.

O Ministro Algoe disse que o governo não fala com os exportadores individuais. Isso foi falado com o conselho de administração da (VRE). Segundo o ministro será pago dentro do acordo Petrocaribe US$ 360 por tonelada de paddy, o que é muito acima do mercado mundial. “Os membros devem resolver seus problemas entre eles mesmos”. Disse o ministro.

- Publicidade -

Houve muito empenho do presidente Desi Bouterse, do colega Lackin, do deputado Rasheed Doekhie e outros para desenvolver este projeto “, enfatizou o Ministro Algoe.

Em 2010, este acordo foi assinado pelo presidente Bouterse e com o presidente já falecido da Venezuela, Hugo Chávez. Após 5 anos o Suriname pode finalmente exportar para a Venezuela 30.000 toneladas de arroz paddy. Rakesh Narsingh, tesoureiro da (VRE), está descontente com a maneira que Ramadhin agiu. “Ele não nos informou o que foi discutido com os ministros. Todo o arroz em casca que está sendo exportada agora, é de Ramadhin ” disse Narsingh.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App
%d blogueiros gostam disto: