Um polonês de 30 anos foi preso em Milão, Itália, neste sábado acusado de sequestro pela procuradoria local. Segundo as autoridades italianas, o homem drogou e raptou uma modelo britânica para, segundo as investigações, “vendê-la” em um leilão na internet como escrava sexual.

Lukasz Pawel Herba foi apontado como organizador do sequestro, disse o promotor adjunto de Milão, Paolo Storari. A jovem modelo de 20 anos, cuja identidade não foi revelada, recibeu uma injeção de de ketamina, analgésico utilizado como droga, quando se apresentou pata uma sessão de fotos falsa perto da la estação central de Milão em 11 de julho último.

Publicidade

Seu sequestrador e um cúmplice a teriam desnudado, fotografado e amarrado para transportá-la no porta-malas de um carro desde Milão a uma casa de campo situada na localidade de Borgial, na região do Piamonte, Noroeste da Itália.

Os investigadores não conseguiram determinar se Herba tentou realmente vender a vítima em leilão na internet, ou sei se tratava de uma ameaça para obter 30 mil euros em Bitcoins do agente da modelo e sua família.

Segundo a polícia, ninguém participou do leilão e é impossível saber com certeza se o suspeito tinha os contatos necessários para organizar uma operação deste tipo o se se trata de uma explicação inverossímel.

Fonte: Dol

Comentar

Comentar