O presidente Desi Bouterse foi recebido no domingo (17) em Zanderij pelo vice-presidente Ashwin Adhin e pelo ministro da defesa, Ronni Benschop.  

O presidente Desi Bouterse retornou ao Suriname no domingo à noite após uma estadia de três semanas em Cuba.

Publicidade

A informação foi divulgada nesta segunda-feira (18) pelo Instituto Nacional de Informação (NII) através de um comunicado de imprensa. O chefe de Estado estava em Cuba de férias e aproveitou para fazer um check-up médico e uma cirurgia que foi muito bem sucedida, de acordo com o Instituto Nacional de Informação.

“Agora é uma questão de ruptura, de temperatura, de retorno ao trabalho”, disse o chefe de Estado ao NII. No aeroporto Johan Adolf Pengel, o presidente, sua esposa Ingrid Bouterse Waldring e outros delegados foram recebidos pelo vice-presidente Ashwin Adhin, o ministro da Defesa Ronni Benschop, o parlamentar do NDP, Patrick Kensenhuis, conselheiros, membros do gabinete do presidente e diretores de empresas estatais. O embaixador cubano Manuel Rubido e sua esposa também estavam presentes.

Na sexta-feira, 29 de setembro, o chefe de Estado informará a Assembléia Nacional em seu relatório anual sobre a política que seu governo pretende implementar em 2018.

Foto/Vídeo: NII

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar