spot_img
spot_img

Presidente Desi Bouterse participou da inauguração da mina de ouro em Merian

Atualizado há

A mina de ouro de Merian, no leste do Suriname, foi inaugurada oficialmente nesta quinta-feira, 17 de novembro.

O Estado tem participação em 25% na produção de ouro operada pela multinacional americana Newmont.

A mina já estava produzindo ouro e segundo informações oficiais mais de 50.000 onças de ouro já foram exportadas com um valor aproximado de US $ 50 milhões desde o dia primeiro de outubro deste ano quando começou a operar.

- Publicidade -

A mina de Merian tem uma capacidade comprovada para produzir 5,1 milhões de onças de ouro com uma produção anual estimada entre 400.000 e 500.000 onças de ouro a um preço competitivo nos primeiros cinco anos. A mina tem uma vida útil de mais de 13 anos e US$ 1 bilhão foi investido no projeto.

A Staatsolie tem participação em 25% da mina como investidor e o Suriname receberá 6% de royalties sobre o valor real do ouro produzido pela mineradora Newmont. A mineradora americana Newmont emprega atualmente cerca de 1.100 pessoas, das quais 20% vêm da comunidade Paramaccan e absorve mão de obra de 200 empresas contratadas.

Durante a cerimônia de abertura nesta quinta-feira, estavam presentes, além do presidente Desi Bouterse, o presidente-executivo da Newmont, Gary Goldberg, e o diretor da Newmont no Suriname, Adriaan van Kersen.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App