A novidade anunciada pelo presidente da República do Suriname foi confirmada pelo Instituto Nacional de Informação (NII) nesta quarta-feira, 21 de fevereiro.

De acordo com a declaração do presidente Desi Bouterse,  todos os chineses ilegais terão o benefício de uma redução na taxa cobrada para a legalização.

Publicidade

Em comemoração ao ano novo chinês no Suriname, o chefe de Estado anunciou que com este benefício todos os chineses ilegais terão a oportunidade de se regularizarem no país. Segundo o diretor interino de Assuntos Geopolíticos e Cooperação Internacional para o Desenvolvimento do Ministério dos Negócios Estrangeiros, Michiel Ravenberg, todos os estrangeiros ilegais serão deportados após 30 de abril, prazo em que encerra o projeto de legalização para estrangeiros no Suriname.

Ravenberg disse ainda que a legalização dos estrangeiros não é uma vantagem só para o país, mas principalmente para os estrangeiros que terão o direito de estudar e trabalhar legalmente no país contribuindo para a renda nacional. “É ilegal permanecer em um país contra a lei”. afirmou Michiel Ravenberg.

Foto: NII

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar