Após investigação, os três agentes do Posto da Policia de Keizerstraat, foram afastados do cargo após serem acusados de espancar e humilhar dois travestis guyaneses.

Na semana passada, os três agentes foram confrontados pelo Departamento da Policia  (OPZ) e foram identificados como agressores pelas vitimas.

Publicidade

“Eu não recebi ainda nenhum relatório, o caso ainda esta em investigação” disse o Inspetor Drophatie Ramkhelawan do Departamento de Policia. O chefe da policia afirmou que, se os policias forem declarados culpados eles serão disciplinados.

Na madrugada de terça pra quarta, 3 de setembro,  os dois travestis que trabalhavam como profissionais do sexo, foram espancados pelos policias de Keizerstraat.

 

Deixe seu comentário abaixo.

 

 

 

Comentar

Comentar