Publicidade

Uma checagem no Centro de Detenção de Keizerstraat, no Suriname, detectou que 13 presos fugiram sem que os agentes percebessem. Ainda não há informações sobre o paradeiro dos presidiários, tampouco, se há, entre os foragidos, alguém infectado com a Covid-19.

Isso porque os infectados com o vírus de Nieuwe Haven haviam sido deslocados para um alojamento em Keizerstraat. A polícia não realizou nenhuma verificação na casa penal anteriormente em virtude de não possuir equipamento de proteção individual disponível. O caso está sendo investigado.

Publicidade

Comentar

Comentar