spot_img
spot_img

Partido VHP chama a atenção para o significado do feriado de 1 de julho no Suriname

Atualizado há

A liderança do partido VHP em um comunicado a sociedade chama a atenção para as lições aprendidas com o fim da escravidão.

De acordo com a liderança do partido VHP no Suriname, em 1952 um movimento liderado pelo partido conseguiu que trabalhadores do serviço público tivessem direito a uma licença remunerada no dia 01 de julho. “Por esta razão, o partido se considera uma parte importante da história do feriado do dia 1 de julho”, escreveu a liderança do VHP nesta quarta-feira, 29 de julho.

O dia 1 de Julho foi estabelecido por lei em 1959 como o “Dia de Liberdades” e entrou como nosso primeiro Dia Nacional. Supõe-se que para todas as pessoas em nosso país este seja um dia importante, porque sem a abolição da escravidão, não estaríamos aqui, além dos índios, que já habitavam estas terras.

- Publicidade -

A escravidão no Suriname foi certamente uma era escura quando escravos desumanamente eram torturados e punidos. É importante mencionar que os escravos nunca aceitaram a escravidão como uma questão de disciplina e que a luta dos quilombolas contra os senhores de escravos também foi um longo período de heroísmo e sacrifício.

A abolição da escravatura em 01 de julho de 1863 não foi executada sem problemas. A fim de manter os ganhos, a liberdade dos escravos foi adiada por mais de dez anos. Depois disso, vieram os trabalhadores contratados, recrutados a partir da Ásia. A investigação sobre o período dos escravos e trabalhadores contratados, mostrou que há muitas diferenças, mas também muitas semelhanças. Descobriu-se que, na prática, contrato de trabalho era de fato um novo sistema de escravidão.

Em comemoração da abolição da escravatura ou “Keti Koti”, em 1 de Julho de 1863, e em comemoração a imigração de outros grupos étnicos, lembramos especialmente da corajosa resistência dos nossos antepassados para escapar da brutal opressão, dominação e exploração. Portanto, o VHP acredita que o dia 1 de julho proporciona um momento único no qual podemos olhar para o passado e tomar sábias lições para o presente.

Uma destas sábias lições é que nós, como uma sociedade multi-étnica, não devemos permitir que os mestres coloniais modernos e políticos egoístas e gananciosos manipulem as pessoas com mentiras e falsas promessas enquanto os menos favorecidos estão sendo empurrados para uma situação de miséria e abandono neste país. O VHP concorda que nenhum grupo étnico é inferior a outro e, portanto, rejeita todas as formas de dominação e entende que todos devem dar sua contribuição valiosa para a construção e desenvolvimento de nosso amado país, o Suriname. Portanto, o partido VHP apela a todos os surinameses independentemente de raça, religião e cultura que com as lições aprendidas com o nosso passado comum, estejamos unidos para trabalhar para um futuro compartilhado onde não existe lugar para a exploração e outras formas de escravidão moderna.
Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App