spot_img
spot_img

Parlamentares não concordam com exportação de água doce do Suriname

Atualizado há

Parlamentares da Assembléia Nacional (DNA) deixaram claro que não estão de acordo com o decreto presidencial que autoriza a exportação de água dos rios do Suriname.

Parlamentar Chan Santokhi, Partido VHP2
Parlamentar Chan Santokhi ( Líder do Partido VHP )

Chan Santokhi, líder do VHP, disse que muitas questões precisam ser esclarecidas sobre este assunto.

Anton Paal, do patido PALU, também questionou a gestão sustentável dos recursos de água doce no país.

- Publicidade -

Paal disse que o Suriname está entre os poucos países no mundo com maior recurso de água doce disponível. “No entanto, temos de perceber que estes recursos hídricos não são inesgotáveis” disse Paal.

Estas questões foram levantadas durante os debates sobre o orçamento realizado na Assembléia Nacional esta semana.

A empresa estrangeira autorizada pelo governo para exportar água doce do Suriname tem sede na Suíça e os proprietários são holandeses. De acordo com o contrato, a empresa pode explorar água doce de rios em todo o Suriname e está autorização inclui também o processamento sustentável de água doce superficial para exportação para diferentes continentes como o Oriente Médio (incluindo Israel), América do Norte, América Central, América do Sul e Caribe.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App