Amar Ramadhin — Foto: Luiz Paulo
Publicidade

O ministro da Saúde, Amar Ramadhin, reiterou que o governo é favorável à verificação dos certificados de vacinação. Isso se aplica ao acesso a certas instalações e deve ser visto no contexto de um local de trabalho ou local público seguro.

Na última coletiva de imprensa do governo, o presidente Chan Santokhi indicou que uma legislação governamental está sendo elaborada para tornar a vacinação obrigatória no local de trabalho. No Ministério das Relações Exteriores e Negócios Internacionais já é obrigatório.

Publicidade

No parlamento, o ministro Ramadhin disse que já estão em “curso conversações com as partes interessadas para dar mais forma à aplicação dos controles dos certificados de vacinação”, explicou. Das 481.651 pessoas pertencentes à população-alvo, 179.000 (37,2%) estão totalmente vacinadas.

Comentar

Comentar