Foi preso na sexta-feira (22) I.C.A., 18, que confessou ter agredido o enteado de dois anos no domingo (17). O mandado de prisão preventiva em Juína (735 km a noroeste de Cuiabá) e o menino continua internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) por causa de um traumatismo craniano decorrente da agressão do padrasto.

A agressão foi descoberta após a mãe do menino o levar para uma unidade de pronto atendimento afirmando que ele havia caído e desmaiado. No entanto, a equipe médica detectou vários hematomas no corpo da criança, que não eram condizentes com uma queda acidental.

Publicidade

O padrasto e a mãe foram ouvidos pelo delegado Marco Bortolotto Remuzzi e afirmaram que o menino se machucou quando brincava na rua. Porém, o exame de corpo de delito apontou a agressão física.

Depois de ser ouvido pelo delegado, o homem voltou à delegacia e confessou o crime. Ele disse que agrediu o menino sem motivo.

I. foi autuado por lesão corporal grave. Ele está preso no Centro de Detenção Provisória de Juína, onde aguardará por audiência de custódia. (Com informações da assessoria)

Fonte: R7

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar