spot_img
spot_img

Operação de controle na divisa com o Suriname: autoridades reforçam vigilância na fronteira

Além disso, um procedimento aduaneiro foi aplicado como parte dos esforços para garantir o cumprimento das regulamentações alfandegárias e impedir o contrabando ou a entrada de produtos ilícitos.

Atualizado há

SAINT-LAURENT DU MARONI – No último dia 9 de abril de 2024, uma importante operação conjunta foi realizada por 14 agentes da Polícia Aérea et des Frontières (PAF) de Saint-Laurent du Maroni, 15 gendarmes e 4 agentes aduaneiros, em resposta a uma solicitação do promotor da República de Cayenne. O objetivo principal desta iniciativa era controlar e monitorar a travessia de barcos entre Albina (Suriname) e Saint-Laurent du Maroni, fortalecendo a segurança e a fiscalização na fronteira.

O dispositivo de controle foi implementado entre as 7h e 9h30, contando com uma presença robusta tanto na água quanto em terra. Dois barcos da Polícia Aux Frontières e uma canoa da gendarmeria foram mobilizados nas águas do rio Maroni, enquanto um dispositivo em terra foi posicionado no pontão Balaté.

Durante a operação, foram interceptadas e inspecionadas um total de 20 canoas, envolvendo cerca de 80 indivíduos. As autoridades realizaram minuciosos procedimentos de identificação de passageiros e controle de bagagens e mercadorias. Como resultado dessa ação rigorosa, foram emitidas 42 recusas de admissão, principalmente para cidadãos provenientes do Suriname, cujas documentações ou propósitos de viagem levantaram preocupações para as autoridades fronteiriças.

- Publicidade -

Além disso, um procedimento aduaneiro foi aplicado como parte dos esforços para garantir o cumprimento das regulamentações alfandegárias e impedir o contrabando ou a entrada de produtos ilícitos.

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App