Observadores UNASUR e da OEA dizem que a organização para as eleições do próximo dia 25 de maio, estão de acordo com os padrões internacionais.

Observadores estrangeiros, tanto da União de Nações Sul-Americanas (Unasul) e da Organização dos Estados Americanos (OEA) estão satisfeitos com os preparativos para as eleições no Suriname “Estamos envolvidos em consultas com,  partidos políticos, sociedade civil e autoridades eleitorais. Até agora, estamos satisfeitos com o planejamento e a organização para a votação “, disse Tibisay Lucena Ramírez, coordenadora da Unasul em  uma conferência de imprensa neste sábado, 23 de maio de 2015.
Irene Klinger, líder da delegação da Unasul também está satisfeita com os preparativos.“Especialmente dois aspectos são muito importantes para nós, uma boa organização e logística adequada.”
O debate sobre o sistema de computador que será utilizado para a contagem dos votos, chamou a atenção dos observadores estrangeiros. Klinger: “Estou segura porque este sistema já foi  usado nas duas eleições anteriores.  Além disso, há uma trilha de papel detalhada de cada urna que pode ser seguido a fim de confirmar com precisão a contagem através dos computadores. Nossos especialistas técnicos também  analisaram o caso.
Especialmente o V7 tem levantado preocupações sobre a possibilidade de manipulação dos resultados eleitorais através do software do programa. “É normal que isto seja questionado pelos dois lados. Por outro lado, a CHS e o Ministério do Interior tem dado garantias para abertura adequada da contagem dos votos. Esta discussão é tudo parte de um processo democrático saudável “ , disse Klinger.
Os representantes da UASUL e da OEA se deslocarão hoje para os distritos para verificar se os vários postos de votação estão em conformidade com as normas internacionais.
Através do portal de noticias LPM NEWS fica fica sempre bem informado sobre tudo o que acontece no Suriname.
Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar

Publicidade