Para aumentar o valor da moeda SRD e garantir a circulação de moedas estrangeiras, o Banco Central do Suriname, recebeu apoio dos bancos FinaBank e DSB.

Os bancos FinaBank e DSB, vão lançar SRD 200 milhões no mercado e isso terá um efeito positivo no valor da moeda nacional, disse Waddie Sowma, presidente da Associação dos Economistas no Suriname (Vereniging van Economisten in Suriname VES). “Com isso a pressão sobre as taxas de câmbio vão diminuir um pouco”.

Publicidade

Com a venda das ações, o banco ”FinaBank” já recuperou SRD 60 milhões em 2014. Isso é 300% a mais do que estava previsto. Já o banco ”DSB Bank” está atualmente envolvido em sua rodada de emissões. “Especialmente quando eles colocam as ações no âmbito da sociedade em geral, isso provoca um efeito positivo na moeda SRD, porque o cidadão comum vai economizar seu dinheiro, em vez de gastá-lo em questões de consumo,” disse Waddie Sowma.

No entanto, ainda não é uma razão para comemorar. Waddie Sowma insiste que o governo têm que dar mais transparência no que diz respeito ao equilíbrio entre as moedas estrangeiras e o SRD. “Você já ouviu o ministro dizer que o governo está ciente que deve diminuir os gastos, mas é necessário que haja mais claridade sobre os números apresentados e os especialistas assim vão podem rever melhor o caso”, disse Sowma.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar