spot_img
spot_img

Número de vítimas no trânsito do Suriname já é maior que o ano passado

Atualizado há

O número atual de 36 mortes registrados até meados de junho, é doze vezes maior comparado ao mesmo período do ano passado.

A informação foi divulgada no sábado, 17 de junho, pela chefe do Departamento de Transportes, Migalda Kolf, demonstrando preocupação com a escalada da violência do Trânsito no país.

Segundo a chefe do Departamento de Transportes do Suriname, um trabalho de conscientização será feito a fim de sensibilizar os cidadãos. A última vítima fatal foi registrada na semana passada quando um motociclista foi atingido por um carro na rota leste-oeste.

- Publicidade -

De acordo com o Departamento de Trânsito, os motociclistas continuam sendo o grupo com maior risco no trânsito e, portanto, este grupo vem recebendo já há algum tempo uma atenção especial por parte das autoridades. A polícia está nos estágios finais para a implantação de um curso obrigatório com certificação para motociclistas.

Migalda disse ainda que o Departamento de Trânsito juntamente com o Ministério da Justiça e Polícia estão realizando um trabalho de investigando para identificar as causas do crescimento de acidentes e mortes no trânsito do Suriname. “Em geral, os acidentes são causados ​​por erro humano, mas é necessário considerar que também existem outros fatores envolvidos”, afirmou a chefe do Departamento de Trânsito que informou que a polícia passará a monitorar mais de perto o comportamento dos motoristas na estrada.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App