spot_img
spot_img

Número de manifestantes no centro de Paramaribo foi menor que em 13 de maio

Atualizado há

A concentração na praça da igreja estava marcada para as 10:00 hs da manhã e por volta das 11:30 hs já se podia avaliar que o número de manifestantes seria menor que no dia 13 de maio.

Mesmo assim uma grande massa começou a se deslocar para a frente da Assembléia Nacional (DNA) com faixas, cartazes, bandeiras e carro som para protestar contra o aumento da taxa de energia elétrica, água e as medidas impostas pelo FMI.

De acordo com Robby Berenstein, vice-presidente do C-47, pessoas como funcionários públicos e um grande número de trabalhadores foram proibidas de participar da manifestação de protesto marcada para esta quinta-feira, 2 de junho.

- Publicidade -

As pessoas foram convocados para as 10:00 hs na Praça da Igreja e por volta das 11:30 hs, os líderes da organização ainda esperavam a participação de mais pessoas.

Segundo os organizadores do protesto, uma grande parte das pessoas chegariam ao local do protesto depois das 10:00 hs depois de saírem do trabalho.

No dia 13 do mês passado no mesmo horário, o centro de Paramaribo já estava tomado pelos manifestantes que marchavam para a Assembléia Nacional para protestar contra o segundo aumento da taxa de energia elétrica e o empréstimo do FMI.

Confira as imagens em fotos registrados pela equipe de reportagem do jornal LPM NEWS.

[fancygallery id=”8″ album=”25″]

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App