Foto: Polícia Federal/Divulgação

A primeira informação sobre o naufrágio foi dada pela prefeitura da região da Guiana Francesa depois que uma embarcação encontrou uma mulher agarrada em uma boia no canal de acesso ao porto de Kourou, do lado francês. Em, seguida foi iniciada uma operação de resgate no mar.

Foram destinadas à região um helicóptero e embarcações especializadas “para procurar possíveis náufragos em uma ampla faixa costeira de Caiena a Sinnamary”, cidades que ficam distantes 100 quilômetros.

Publicidade

As buscas foram feitas por dois dias, em 31 de agosto e 1º de setembro, e foram, inicialmente, resgatadas 4 pessoas com vida, em diferentes pontos do mar, e um corpo sem identificação.

Comentar

Comentar