spot_img
spot_img

‘Não quero mais ser lembrada como ex de ninguém’, diz Zilu

Atualizado há

Prestes a estrear na TV e com um novo affair, ela diz que já sofreu por amor e não quer mais ser chamada de ex-mulher de Zezé Di Camargo.

No fim da gravação de seu primeiro programa, “Assim somos”, do canal E+ – com direção de Marlene Mattos e ainda sem previsão de data para ir ao ar -, Zilu recebeu o EGO em seu camarim e, ainda nervosa com sua estreia, revelou seus novos planos. Tomando uma sopa com gengibre para manter a voz, ela contou estar em plena fase de mudanças. Para começar, não quer mais ser lembrada pela mídia como a ex-mulher do sertanejo Zezé Di Camargo e para isso está dedicando muito de seu tempo para que seja reconhecida também e, principalmente, como apresentadora.

“Camargo é o sobrenome do meu ex-marido. E esse ‘ex’ tem que acabar. Hoje eu sou a Zilu, a ex já foi. Não quero mais essa lembrança em relação a mim. Me tornar apresentadora é talvez uma chance para que as pessoas me vejam de outra forma e saibam que eu sou essa nova mulher”, desabafa Zilu, que com o fim do casamento passou a usar o sobrenome Godoi de solteira.

A empresária diz não ter estudado muito para se tornar apresentadora, mas revela que conta com a paixão por seu novo sonho para que desempenhe bem o papel frente às câmeras. “Estou indo no ‘choque’ da coisa, no empurrão. Quando a gente se prepara demais, se torna pouco natural. Tem que fazer com amor, com paixão, aí temos um resultado verdadeiro. É claro que precisamos de uma preparação, mas boa parte é você buscar força e entender a sua capacidade. Eu já passei por coisas muito mais difíceis na vida e sobrevivi. Esse é mais um obstáculo que eu vou ter que enfrentar e fazer bem”, completa.

A vaidade em aparecer de uma outra forma para o público não foi o que motivou Zilu nessa nova empreitada. “A Marlene me convidou para almoçar e conversar, lá mesmo ela fez o convite. Eu nem falei sim e, quando vi, já estava dentro, misturada com tudo isso. Nunca pensei nem tive essa vaidade de querer ser apresentadora. Eu estou em um momento voltado mais para mim, posso me doar mais. Filhos crescidos e casados, cada um tomando conta da sua vida, agora é a minha vez de me cuidar. Eu não dependo de mais ninguém e ninguém depende mais de mim. Então a hora é agora”, afirma.

‘Eu sei o que é sofrer por amor’

O tema principal do programa comandado por Zilu é relacionamento amoroso. Disso a apresentadora diz entender bem. Na estreia, ela recebe Maria da Penha, que deu nome à Lei 11.340, que visa proteger as mulheres com mais rigor contra crimes domésticos. Ao conversar com a entrevistada, Zilu falou dos sofrimentos que muitas mulheres passam e revelou que também sabe o que é sofrimento.

Perguntada se em algum momento já sofreu violência doméstica, Zilu diz que não e explica de que tipo de sofrimento ela falava ao conversar com Maria da Penha: “Graças a Deus nunca passei por isso. Eu até conversei nos bastidores com a Maria da Penha e falei: ‘Que bom que meu casamento acabou sem nunca chegar neste ponto’. O sofrimento que eu falava era o do amor mesmo. Na hora me veio à cabeça o Zezé sim, mas foi pela tristeza do fim do nosso relacionamento. Quando uma relação de 32 anos acaba e você não espera, é muito triste. A mulher sonha casar, construir uma família e viver pra sempre do lado daquele homem”.

Ainda lembrando a separação do sertanejo, Zilu disse que seu pior momento foi quando percebeu ter ficado sozinha. “Quando o casamento acaba e você tem filhos pequenos, você fica naquela luta de cuidar deles, e acho que isso ajuda. Mas no meu caso não foi assim, o meu casamento acabou quando todos foram embora. Todos os filhos já estavam encaminhados e eu, sozinha. Me senti num deserto, onde você só vê areia e não sabe para onde vai. Eu me perguntava o que fazer naquela hora e para onde ir. Ainda bem que hoje estou pronta pra viver novamente e estou aqui com esse novo projeto”, lembra.

De mudança para o Rio

Zilu tem planos de levar mala e cuia para o Rio de Janeiro, onde grava seu programa, em um estúdio em Jacarepaguá, Zona Oeste da cidade. A apresentadora, que tem a filha Camilla Camargo já morando na capital carioca, está provisoriamente hospedada na casa de Marlene Mattos. Ela acredita que a alegria da cidade combina com seu novo momento. “Eu já morei em Miami, em São Paulo e agora chegou a vez do Rio. Estou por enquanto na casa da Marlene, porque precisamos estar o tempo todo juntas, mas, antes mesmo de receber o convite do programa, eu já pensava em me mudar para cá. Chegou a minha vez de ser carioca. Quero essa energia contagiante daqui e poderei também estar perto da Camilla”, diz.

Romance no ar

A apresentadora volta e meia se vê envolvida em um suposto affair. Para ela nem todos os caras que passaram por sua vida podem ser chamados de namorados. Zilu gosta de um relacionamento que se desenvolve com calma. “Aparecem vários dizendo que são namorados, mas, às vezes, não são. Eu gosto de conhecer, de jantar, de sair, de conversar, de viajar com a pessoa. Eu não gosto de já de cara assumir um namoro”, explica ela, respondendo se está namorando no momento: “Estou solteira, mas não estou sozinha. Nunca sozinha”. Zilu admite estar se envolvendo em um novo romance: “Ainda é cedo para falar em namoro, estou conhecendo uma pessoa, mas vou deixar no ar quem é. Quando virar namorado, eu conto. Se eu me apaixonar de verdade, vou assumi-lo sem medo. Gosto de entrar numa relação com maturidade, e preciso que a outra pessoa também esteja preparada. Eu quero viver isso, um novo amor, uma relação de verdade.”

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: EGO

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App