Todos os anos, no dia 8 de dezembro, é lembrado a morte de quinze Surinameses nos dias 8 e 9 de dezembro de 1982, que foram assassinados pelo regime militar, até então liderada por Desi Bouterse.

Este ano será realizada uma missa na segunda-feira 8 de dezembro, na igreja Mozes & Aäronkerk  organizada pelo Comitê das Vítimas no Suriname (Comité Herdenking Slachtoffers Suriname).

Publicidade

“Nos lembramos todas as vítimas, começando com as primeiras vítimas que foram mortas na noite do domingo 24  e na segunda-feira, 25 de fevereiro de 1980, o assassinato de 08 de dezembro, o massacre em Moiwana e o assassinato do inspetor de polícia Herman Gooding”, disse o Comitê.

Desde que a (ONU) declarou este ano, pela primeira vez que 02 de novembro é um dia anual “contra a impunidade de crimes e violência contra jornalistas”, o tema deste ano é “Impunidade”.

As atividades irão começar com uma procissão de velas no Consulado Geral do Suriname. As pessoas no Suriname também lembram anualmente das vítimas e uma coroa de flores é colocada no monumento nacional Bastion Veere em Fort Zeelandia.

Isto é  organizado todos os anos pela Organização de Justiça e Paz (Organisatie voor Gerechtigheid en Vrede OGV) e da Fundação 08 de dezembro.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar